Coro

O Coro da Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira surgiu no seio da Colectividade, fruto da vontade dos seus elementos, tendo feito a sua primeira apresentação pública em 19 de Dezembro de 1993.

Ao longo da sua existência tem participado nos mais diversos eventos, destacando-se a sua deslocação a França, em 2000, à Madeira em 2001 e à Galiza em 2002. A nível interno tem actuado em vários locais, como sejam: Lisboa, Valadares, Santarém, Abrantes, Constância, Alpiarça, Pombal, etc., mas a sua maior actividade desenvolve-se no concelho de Tomar, quer organizando Encontros e concertos, quer participando em realizações da Autarquia e de outras Associações.

Em 2006 participou no concurso Festimúsica promovido pelo INATEL, tendo ganho a eliminatória distrital e obtido o 5º lugar na Final Nacional realizada na Aula Magna em Lisboa.

O seu repertório é variado mas assenta fundamentalmente na música de cariz popular, com arranjos de grandes músicos, nomeadamente Fernando Lopes Graça, também ele um Tomarense.

Numa outra vertente, o Coro da S.R.M.P. tem actuado diversas vezes em conjunto com Bandas Filarmónicas, como sejam a da S.R.M.P., Nabantina, Gualdim Pais, Rossio ao Sul do Tejo, Cartaxo e Santarém.

Quando solicitado, tem também participado em celebrações litúrgicas.

Maestro do Coro da S.R.M.P. - Adolfo Carlos Saldanha Mendes
cariz popular, com arranjos de grandes músicos, nomeadamente Fernando Lopes Graça, também ele um Tomarense.

Numa outra vertente, o Coro da S.R.M.P. tem actuado diversas vezes em conjunto com Bandas Filarmónicas, como sejam a da S.R.M.P., Nabantina, Gualdim Pais, Rossio ao Sul do Tejo, Cartaxo e Santarém.

Quando solicitado, tem também participado em celebrações litúrgicas.

Maestro do Coro da S.R.M.P. - Adolfo Carlos Saldanha Mendes